Analistas participam do II Workshop PRODEV

No último dia 28 de maio foi realizado na Escola de Governo Professor Paulo Neves de Carvalho, em Belo Horizonte, o II Workshop do projeto PRODEV (Programa de Apoio ao Desenvolvimento da Gestão para Resultados nos Estados e Distrito Federal).  O encontro teve como objetivo capacitar os técnicos representantes dos estados para a utilização do Sistema Informatizado de Pesquisa Salarial e de Indicadores de Gestão para Resultados (Sipsig) nas áreas da Saúde, Educação, Segurança Pública e Pesquisa Salarial. As analistas de Planejamento, Orçamento e Gestão (APOGs) da Secretaria Executiva de Gestão por Resultados (SEGR) Nathália Vieira e Yluska Reis participaram do workshop representando, respectivamente, às áreas da Saúde e da Segurança Pública de Pernambuco.

(13.06.04) II PRODEVEm 2012, o projeto realizou pesquisas salariais e de indicadores de gestão para as áreas de Saúde, Educação e Segurança Pública nos estados e no Distrito Federal (ano-referência 2011) e construiu um banco de dados que deve servir para que os estados avaliem seu desempenho em cada área. Na oportunidade, além de Nathália (Segurança Pública) e Yluska (Saúde), a APOG Norma Selene contribuiu na área da educação. Conforme os executores da pesquisa, os indicadores “possibilitarão a identificação das práticas com melhores níveis de desempenho nas diversas áreas/atividades e irão auxiliar o processo de discussão e formulação de políticas públicas e a avaliação dos seus resultados, permitindo a construção de critérios claros para a priorização de políticas e programas e a alocação de recursos”.

Anúncios

APOGs participaram de Workshop Internacional

foto

Cinthia Albuquerque e Bruna Alquete dentre os brasilheiros participantes do Workshop

No período de 07 a 21 de abril de 2013, três servidores do Governo de Pernambuco participaram do Workshop Internacional de Pesquisas e Avaliação de Impacto de Políticas Públicas, projeto de iniciativa do Banco Mundial, em parceria com o Banco Interamericano e o Massachusetts Institute of Technology (MIT). As representantes da SEPLAG no curso foram as Analistas de Planejamento, Orçamento e Gestão (APOGs) Bruna Alquete e Cintia Albuquerque, respectivamente lotadas no Núcleo de Gestão por Resultados na Educação (NGR/SEE) da Secretaria Executiva de Gestão por Resultados (SEGR) e na equipe de Captação da Secretaria Executiva de Planejamento, Orçamento e Captação (SEPOC).

O referido curso, que acontece a cada 2 anos e é voltado para um público restrito de 150 pessoas, visa desenvolver profissionais capazes de realizar avaliações de impactos das políticas públicas e compreender a concepção e a implementação de pesquisas nesta área. Por ser um workshop com integrantes de diversos lugares do mundo, proporcionou uma rica troca de experiências com profissionais da área de gestão pública, além do contato com as principais referências acadêmicas da área.

001 GRADUADOS

Participantes do Workshop no Chile

Durante o curso, os representantes do Governo de Pernambuco focaram a sua participação no desenvolvimento de propostas de avaliação de impacto de políticas nas áreas da Saúde e da Educação. Mais especificamente sobre a área da saúde, foi construída uma proposta de desenho de implementação e avaliação de impacto de uma Política de bonificação por desempenho para os profissionais da atenção básica. A bonificação por desempenho já vem sendo implementada em diversas setoriais do Estado e o Governo está estudando a viabilidade da sua implementação na área de saúde, cuja proposta de avaliação elaborada durante o curso será de extrema relevância para tomada de decisão sobre o assunto.

Workshop internacional sobre o impacto de políticas públicas reúne especialistas no Rio

DSC03315

Aconteceu de 19 a 21 de março, no Rio de Janeiro, um workshop sobre Avaliação de Políticas Públicas conduzido por consultores do Banco Mundial. O evento contou com a participação de representantes de diversos órgãos municipais, de secretarias estaduais do Rio e de Pernambuco, do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea), da Fundação Itaú Social e de universidades como a de Toronto, no Canadá.

No encontro, foram apresentadas as técnicas para aplicação da metodologia de avaliação de impacto, utilizada em projetos do Banco Mundial em mais de 80 países. Ao final do evento, os representantes de diversas instituições apresentaram propostas de avaliação de impacto de políticas desenvolvidas em vários âmbitos.

Pernambuco foi representado pelo gestor do Programa Atitude, Rafael West, pelo professor da UFPE e responsável pela concepção do Pacto pela Vida, Luis Ratton, e pelas analistas de Planejamento, Orçamento e Gestão da SEPLAG/PE Pâmela Alves e Ana Luiza Siqueira. O grupo apresentou uma proposta de avaliação de impacto para o Programa Atitude, que desenvolve ações para o enfrentamento às drogas através de serviços de prevenção e atendimento aos usuários e seus familiares e integra o Pacto pela Vida.