Pernambuco reforça a profissionalização da Gestão Pública

No último dia 11 de outubro o governador Eduardo Campos assinou um projeto de lei que propõe a transformação dos 969 cargos comissionados em funções gratificadas de direção e assessoramento. Esta iniciativa representa um importante passo em direção a profissionalização da Gestão Pública em Pernambuco, incentiva o plano de cargos e carreiras e aponta uma redução de R$ 25 milhões na folha de pagamento do Estado.

“Nos últimos três anos, fizemos concurso para analista em diversos segmentos de atuação (gestão, planejamento e controle interno). Com essas seleções, nós começamos a preparar essas pessoas para assumirem determinadas funções no Executivo”, afirmou o secretário de administração Décio Padilha.

Segundo levantamento realizado pela AAPOG, atualmente 24,5% dos Analistas de Planejamento, Orçamento e Gestão possuem algum cargo ou função gratificada.

Para conferir a matéria na íntegra, acesse o link.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s