AAPOG fecha duas novas parcerias

A Associação dos Analistas de Planejamento, Orçamento e Gestão acaba de fechar mais duas parcerias. A primeira delas é com o Beauty Center, centro especializado em fisioterapia estética, que oferecerá um desconto de 10% para os associados em limpeza de pele, rejuvenescimento facial, peelings, tratamento para rugas e acne, drenagem linfática, massagem redutora, entre outros. As avaliações são gratuitas.

A Vest Damas e Noivas também oferecerá preços diferenciados com descontos de até 50% para os associados. Localizada em Olinda, a loja também realiza a confecção de primeiro aluguel de vestidos de noiva e de festa.

Para usufruir dos descontos, o associado da AAPOG deverá apresentar documento de identificação e número de matrícula.

Confira mais informações sobre as nossas parcerias:

Beauty Center
Rua. Dr. José Augusto Moreira, 681 – Casa Caiada – Olinda
Telefones: (81) 9772.3384 / (81) 8586.2569
10% de desconto em qualquer procedimento/tratamento estético (depilação a laser não inclusa)
Tratamentos oferecidos: limpeza de pele, rejuvenescimento facial, peeling facial e corporal, tratamento para acne, manchas, rugas, celulite, estrias, gordura localizada e flacidez, drenagem linfática, lipocavitação, radiofrequência, massagem redutora, massagem relaxante.

Vest Damas e Noivas
Rua Getúlio Vargas, 276 Loja 06 – Bairro Novo – Olinda
Telefones: (81) 8747.7375/ (81) 3429.1848
Aluguel de vestidos de noiva a partir de R$ 400 com 15% de desconto
Aluguel de vestidos de festa a partir de $ 100 com 26% de desconto
Aluguel de vestido para daminha a partir de R$ 120 com 20% de desconto
No aluguel de vestido de noiva, ganhe 50% no vestido da daminha
Desconto de 10% para confecção do primeiro aluguel de vestido de noiva, festa, daminha e formatura.

Para mais informações, entre em contato direto com os nossos parceiros ou procure Elisandra Paiva (3182.3925 ou elisandra.seplag@gmail.com)

Anúncios

APOGs apresentam avaliação econômica de programas do Governo

20121203_151635

Boas contribuições para o amadurecimento das políticas públicas do Estado surgiram da participação dos Analistas de Planejamento, Orçamento e Gestão na primeira edição em Recife do curso de avaliação econômica de projetos sociais, realizado pela Fundação Itaú Social em parceria com a Seplag.

Os trabalhos de conclusão do curso foram apresentados na última segunda-feira (03). Foram avaliados o impacto social, benefício e retorno econômico do programa de Educação Integral, que oferece jornada ampliada de ensino aos jovens, e do programa Pernambuco Conduz, cujo objetivo principal é garantir acessibilidade aos portadores de deficiência física.

A avaliação econômica do ensino integral nas escolas do Estado foi realizada a partir de dois indicadores: desempenho no Índice de Desenvolvimento da Educação de Pernambuco (Idepe) e no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). Já para o Pernambuco Conduz foram auferidas a quantidade de tratamentos realizados pelos beneficiários do programa e a satisfação das necessidades de atendimento para tratamento contínuo.

O curso teve duração de pouco mais de dois meses e foi direcionado aos gestores e servidores que atuam na área de coordenação e monitoramento de políticas públicas. Os trabalhos apresentados, de acordo com o secretário executivo de Desenvolvimento do Modelo de Gestão Maurício Cruz, deverão integrar um caderno de gestão a ser editado pela Seplag e distribuído para as secretarias de planejamento de todo o País.

Gestores do Sistema Tur participaram do 2º Movimento Estratégico e Participativo

Aconteceu na última quarta-feira (28) a finalização do ciclo de oficinas do 2º Movimento Estratégico Participativo do Sistema Tur, no Mar Hotel, em Boa Viagem. Estiveram presentes 65 gestores da Secretaria de Turismo de Pernambuco (Setur-PE), da Empresa de Turismo de Pernambuco (Empetur) e do Programa de Desenvolvimento do Turismo (Prodetur).

Espelhando o Modelo de Gestão adotado no Governo do Estado, os gestores foram instados a participar da construção de proposições para as estratégias do ano vindouro nas temáticas que refletem os objetivos de nosso Mapa da Estratégia tais como: gestão de pessoas, modelo de gestão, integração de unidades, infraestrutura, qualificação, investimentos, novos produtos turísticos, estruturação e divulgação. Tudo que foi analisado durante o encontro é referente ao planejamento de 2013.

“Um bom planejamento torna-se consolidado com efetiva participação de quem vai executar as ações. A integração e construção dos objetivos por parte dos gestores legitima todos os processos”, explica o superintendente de planejamento e monitoramento da Setur-PE, Marcílio Azevedo.

Fonte: Site da Secretaria de Turismo de Pernambuco

Festa de final de ano para as três carreiras

As Associações dos Analistas de Planejamento, Orçamento e Gestão, de Controle Interno e dos Analistas em Gestão Administrativa (AAPOG, Ascipe e AGADPE) estão se mobilizando para realizar uma festa de final de ano conjunta para estreitar e fortalecer os laços entre as três carreiras e, claro, promover um momento no qual todos possam se divertir e comemorar as realizações de 2012.

Estará disponível aqui no blog uma enquete para sabermos se há interesse da maioria em participar da festa.

A ideia inicial é que a Associação arque com parte dos custos e os analistas associados tenham um desconto no valor do ingresso.

A enquete estará no ar até o dia 11/12/12. Não esqueça de dar a sua opinião!

ADA e AFC são extintos por Lei Complementar

A Associação dos Analistas de Planejamento, Orçamento e Gestão, junto com as demais associações representantes das carreiras do Modelo de Gestão, negociaram os termos para concessão dos adicionais de Formação Continuada (AFC) e de Desempenho da Atividade (ADA), instituídos pela Lei Complementar 117.

Ambos os adicionais foram extintos através da recente Lei Complementar 214, que fixou novos valores do vencimento base para o cargo de Analista de Planejamento, Orçamento e Gestão e instituiu o AIQP (Adicional de Incentivo à Qualificação Profissional) para todas as carreiras. Trata-se, na verdade, de uma substituição ao AFC. O requisito para concessão será a carga horária de 60 horas-aula.

Vale lembrar que o AFC (Adicional de Formação Continuada e Instrutoria) e o ADA (Adicional de Desempenho de Atividade de Planejamento, Orçamento e Gestão) respondiam, cada um, por 50% do salário-base do servidor.

A concessão do ADA foi tema de amplo debate entre os analistas. Ao contrário do AFC, que possuía uma estrutura que possibilitava o alcance da meta por todos os servidores através do Programa de Formação Continuada, os indicadores para obtenção do adicional de Desempenho da Atividade não eram consensuais, inclusive, entre o Secretário de Planejamento e seus secretários executivos. Cogitou-se, ainda, que o atingimento das metas institucionais do Governo fosse utilizado como indicador para obtenção do ADA, o que foi repudiado por todos os analistas em diversas situações, porque as atribuições atuais não permitem ingerência efetiva sobre essas metas.

A extinção do ADA retirou a insegurança existente em relação à perda de renda, caso as metas não fossem atingidas e resultou, consequentemente, no aumento do salário-base. Ao mesmo tempo, foi proposto pela SAD a criação de um bônus institucional, que terá  indicadores referentes às áreas de saúde, segurança e educação. A intenção é que esse bônus seja auferido uma vez a cada ano com faixa de indicadores de atingimento, sem possível perda real de salário de um ano para outro. No entanto, nas negociações, não foram aprofundados os termos para medição e obtenção de tal premiação.

O bônus institucional é uma resposta do Governo à extinção dos adicionais e representa o desafio de se descobrir como, efetivamente, cada carreira do Modelo Integrado de Gestão poderá contribuir, a partir do seu trabalho cotidiano, para influenciar positivamente os indicadores que interferem diretamente no desenvolvimento do Estado de Pernambuco e na melhoria da qualidade de vida da população.

Mensalidades poderão ser pagas até o dia 14

A mensalidades da Associação dos Analistas de Planejamento, Orçamento e Gestão poderão ser pagas até o dia 14 deste mês. O valor de R$ 25 poderá ser entregue aos tesoureiros Cristian Alves e Canton Wu, lotados na Seplag, na Rua da Aurora.Lembramos que o valor de R$ 25 é válido apenas para o mês de dezembro, por conta de despesas efetuadas pela Diretoria (no trato de assuntos do interesse de todos os analistas).A arrecadação dos valores relativos ao mês corrente servirão ainda para contratação de contador, pagamento de mensalidade de manutenção da conta, pagamento de alteração do estatuto no cartório, entre outras. No entanto, a partir de janeiro, a mensalidade será de R$ 18, conforme acertado na última Assembleia Extraordinária convocada para alteração do Estatuto. Com relação às formas para pagamento, a AAPOG informa que o processo de abertura de conta corrente no Banco Santander está em fase de conclusão. Assim sendo, será possível efetuar depósito bancário já a partir do próximo mês.

Qualquer dúvida, entrem em contato através do e-mail: financeiro.aapog.pe@gmail.com.

Programa Governo Presente capacita novos técnicos

Com o objetivo de apresentar o Programa Governo Presente de Ações Integradas para a Cidadania está sendo realizada, nesta semana, a segunda formação para os novos técnicos da região metropolitana do Recife (Olinda, Cabo e Vitória). O encontro conta também com a presença dos gestores das diversas secretarias do Estado que apresentam as políticas públicas desenvolvidas com foco no público prioritário do Programa.

Para Vivianne Câmara, analista de Planejamento, Orçamento e Gestão (APOG) da SEDMG/SEPLAG e uma das palestrantes, esse trabalho é essencial para quem está chegando, pois vai conhecer os procedimentos do  Estado e assim, alinhar a sua forma de trabalho com a da gestão. Já a gerente geral de políticas integradas e coordenadora da formação, Irani do Carmo Silva, informa que é esperado um nível de excelência “considerando tanto o perfil dos palestrantes quanto o nível de interesse dos selecionados”. Ela destacou ainda a importância da compreensão do modelo de gestão do Estado na organização das políticas públicas e no desenvolvimento do Programa.

Com informações do Portal do Governo de Pernambuco